Próteses são dispositivos aplicados externamente para substituir total ou parcialmente uma parte do corpo ausente ou com alteração da estrutura. Confeccionadas sob medida, utilizam materiais como fibra de carbono, resina acrílica, espumas, alumínio, titânio, EVA, fitas velcro, silicone, couros, sistemas elétricos, sensores, correias para acionamento, polipropileno, silicone, poliuretano, sistemas hidráulicos, sistemas pneumáticos, sistema eletrônicos, aço inox, copolímero entre outros.

As próteses são divididas em membros superiores e inferiores, classificadas pelo nível de amputação ou por má formação congênita:

Próteses de membros inferiores:
As próteses de membros inferiores possuem diversas configurações, desde as básicas que utilizam sistemas mecânicos até as mais sofisticadas que utilizam sistema com alta tecnologia e materiais que permitem mais conforto, mobilidade e praticidade. São classificadas pelo nível de amputação que inicia nos dedos do pé até o nível do quadril.

Prótese para desarticulação do quadril
Prótese transfemural
Prótese para desarticulação do joelho
Prótese transtibial
Prótese de desarticulação do tornozelo

Próteses de membros Superiores:
São classificadas pelo nível de amputação que inicia por amputações nos dedos da mão chegando até o nível do ombro. As próteses de membros superiores podem ser mecânicas, estéticas, biônicas ou hibridas quando combinam mais de um sistema.

Prótese para desarticulação de ombro
Prótese Transumeral
Prótese para desarticulação do cotovelo
Prótese Transradial
Prótese Transcarpal
Prótese parcial da mão