Órteses são dispositivos permanentes ou transitórios, utilizados para auxiliar as funções de um membro evitando deformidades ou sua progressão e/ou compensando insuficiências funcionais. Todas as órteses, superiores, inferiores, coletes e capacetes são confeccionadas sob medida. Dividem-se em:

Órteses para membros superiores:
Utiliza-se basicamente materiais como duralumínio, termoplástico de baixa temperatura, fitas velcro. Estes produtos servem para alinhar o punho, evitar a abdução do polegar e posicionar os membros superiores na posição funcional, classificados em: órtese de posicionamento ventral ou dorsal, órtese para abdução de polegar e órtese de abdução de polegar com barra dorsal.

Órteses de membros inferiores:
Em sua produção são utilizados diversos materiais tais como: Polipropileno, EVA, fitas velcro, passadores, duralumínio, aço inox, titânio, entre outros. Estes produtos são aplicados externamente para auxiliar as características estruturais e funcionais dos sistemas neuromuscular e esquelético. A família das órteses possui uma vasta classificação as principais são: Tutores, órteses Suropodálicas fixas e articuladas, órteses cruropodálicas, mola de codevilla.

Coletes:
Na confecção de coletes são utilizados materiais como: polipropileno, courvin, duralumínio, almofadas, coxins, hastes, fita velcro e EVA. Os coletes possuem várias utilizações as principais são: sustentação da região lombo-sacra, bloqueiam a hiperextensão lombar, auxiliam no tratamento das escolioeses, hipercifoses posturais, escolioses torácicas baixas e lombares flexíveis, para fraturas toráco-lombares, pós operatório de cirurgias vertebrais e para controle de instabilidade do tronco. Seus principais modelos são: Colete Milwaukee, O.T.L.S, colete infra-axilar bivalvado, colete Knight, colete Willians e colete de Putti.

Capacetes:
Para fabricação de capacetes, os materiais utilizados são: polipropileno, EVA, courvin e velcros. Estes capacetes servem para proteção craniana para pacientes com paralisia Cerebral, com Hemofilia, Ataxia, Espasticidade, bem como, em todos os casos em que o risco de ocorrerem contusões cranianas estiver presente. Normalmente é um modelo único fabricado conforme as características dos pacientes.