O Setor de Fonoaudiologia atua interdisciplinarmente com os demais setores visando à integração e reabilitação de crianças e adultos que apresentam sequelas neurológicas. Atua nas alterações da deglutição como a disfagia, do Sistema Sensório Motor Oral e suas funções (sucção, mastigação, respiração e fonação) linguagem oral e escrita, distúrbios na fala, voz e deficiência auditiva.

No setor o paciente é avaliado pelo fonoaudiólogo para verificar a sua demanda, associando a queixa da família com o objetivo de estabelecer um planejamento terapêutico e em qual modalidade de atendimento ele se beneficiará, individual, grupo de linguagem, distúrbios de leitura e escrita ou se será acompanhado em orientações específicas. De acordo com a sua avaliação podem ser associados alguns recursos, como a comunicação suplementar e ou alternativa para facilitar a comunicação e organização da linguagem e da fala do indivíduo.

A intervenção fonoaudiológica em sincronia com os outros setores visa promover, acrescentar e facilitar o processo de desenvolvimento e o reestabelecimento da comunicação, linguagem e fala, melhorar a habilidade de deglutição e das funções orais, adequar os padrões vocais desse indivíduo para uma inclusão efetiva na sociedade.